Pages

sábado, 5 de setembro de 2009

Ken Park





Legal...
Muita gente vai ter vergonha de dizer que viu este filme. Eu como falsamoralistadocacete socióloga principalmente, é uma merda pq qualquer um lá (menos a Cassi, porque ela é quem é....) ia me recriminar depois de ver.Meu namorado disse uma coisa muito legal: “é simplesmente um filme!” Não adianta fugir nem disso e nem da realidade.

Eu não posso me guiar por “Kids” porque vi há muito tempo atrás e naquela época tudo pra mim parecia pornografia, mas na realidade mesmo o filme é bem mais “Cristiane F. Drogada e prostituída” do que “CinePrive”.

Não é segredo, pela capa dá pra ver que o filme é polêmico. Trata de sexo como quem fala de borboletas, usa um dicionário de palavrões, mas não é não que seja mentira, qual é td mundo fala palavrão e o tempo todo!

Falando um pouco sobre a história do filme é mais ou menos assim: um grupo de amigos são felizes, afinal qualquer jovem aos 16 /17 anos é feliz. O primeiro é um piazinho bonitinho com um piercing na sobrancelha (bem charmozinho sabe! Srsrsrsrs) que não passa de um PIVETE, e incrivelmente conseguiu um caso com a própria sogra! (detalhe... um avião de mulher!).

O segundo é um garoto com distúrbios mentais, ele não é viciado em masturbação como dizem TODAS as sinopses do filme diz, ele é maníaco e precisa de privacidade (como td garoto na fase né gente!), acontece que esse menininho mora com avós, e avós e privacidade são duas palavras que não cabem na mesma frase.

Outra, e a mais interessante é uma menina que se faz de santinha para agradar seu pai, até aí não vi nenhum crime pq td mundo é um pouco assim, mas a menina é muito parecida com a mãe dela que morreu a muito tempo, então o pai vê nela o reflexo da mãe. Quando o pai pega a menina no quarto com um cara, ele mostra como na realidade ele quem é louco!

O Claude é um bom menino, anda de skate, trata a mãe, que é deliciosamente calma, com todo carinho, mas é maltratado pelo pai que sempre o acusa de ser gay. Vejam o filme e verão quem é possuidor de hábitos gays... não defendendo o Claude, mas da parte dele ta meio implícito.

Do próprio Ken Park o filme trata pouco, e as únicas coisas que ligam os amigos são, uma foto onde todos estão juntos, e uma conversa nada convencional, que é foto da capa de uma das versões do filme, entre três personagens. Mas o Ken é muito interessante também.

Não dá pra tirar conclusões sem ver, se tem estomago fraco não veja, as cenas são fortes... Aparecem pessoas feias nuas... srsrsrsrs. Mas mostra exatamente como as coisas tomam um rumo que não se pode prever, como a teoria da Orientação, (salvo enganos) que afirma estarmos sempre a mercê do tempo. Neste caso ainda existe um extra, estão todos a mercê do tempo e do extinto, que se mostra bem mais forte na adolescência.

Assista e confira... Mas não jogue a culpa em mim.

A Pedidos... baixem o filme! (Precisa de Dvix pra tocar!)




2 comentários:

Cassiana disse...

vou pegar hoje mesmo!!! rs
besos!!!!!!

Tom disse...

Eu vi...
Ei, põe o link pra galera baixar!!!
bj